Acadêmicos também protestam por abandono de cursos da UNIR

1592011-145630-unir_unir.jpg 

A greve dos profissionais da Educação na UNIR conta com o apoio dos próprios estudantes que também denunciam o completo abandono dos cursos. Diversas irregularidades são denunciadas e no caso dos acadêmicos o problema é a completa falta de estrutura para os cursos. Alunos de Engenharia não tem laboratório para estudo e contam com apenas 6 professores. Eles reclamam que em outras faculdades a quantidade mínima oscila em 16 professores. Outros pontos denunciados são com relação ao Hospital Universitário, que nunca saiu do papel, além do restaurante universitário que só existe no projeto. A grande maioria dos cursos está paralisada.

Nesta sexta-feira, professores e alunos realizam manifestações no prédio da reitoria.

Fonte: RONDONIAGORA

Postar um comentário

Postagens mais visitadas