GOVERNO PT-PCdoB FINANCIA ESPECULADORES INTERNACIONAIS




FIEL AOS SEUS COMPROMISSOS COM GRANDES ESPECULADORES INTERNACIONAIS E AO FLUXO DE CAPITAIS  QUE REGA AS ELEIÇÕES VICIADAS, O GOVERNO BRASILEIRO ELEVA A TAXA DE JUROS A NÍVEIS INSUPORTÁVEIS, NA CONTRAMÃO DE TODAS AS ECONOMIAS MUNDIAIS.

DILMA E SEUS ASSESSORES NÃO ESTÃO NEM AÍ PARA O AUMENTO DO ENDIVIDAMENTO DO TRABALHADOR BRASILEIRO, PARA OS JUROS COLOSSAIS DE CARTÕES DE CRÉDITOS E FINANCIAMENTOS, PARA A ALTA GERAL DOS PREÇOS. 

TAMBÉM NEM O GOVERNO NEM A MÍDIA TÊM SE PREOCUPADO COM A VISÍVEL BOLHA IMOBILIÁRIA QUE SALTA AOS OLHOS, COM O PREÇO DE IMÓVEIS ALCANÇANDO NÍVEIS ASTRONÕMICOS. FINGEM QUE NADA ACONTECE. QUANDO A BOLHA ESTOURAR, TODOS SIMULARÃO INTERESSE E PROVIDÊNCIAS.

ENQUANTO OFERECE RIOS DE DINHEIRO A AVENTUREIROS DO MUNDO TODO, O GOVERNO PT-PCdoB AMEAÇA OS SERVIDORES PÚBLICOS COM O CONGELAMENTO SALARIAL POR DEZ ANOS.

PARABÉNS AOS RECORDISTAS MUNDIAIS DE JUROS! EM ENTREGUISMO, VOCÊS SÃO INSUPERÁVEIS! 

Zantonc

 CONFIRA A EXTRAORDINÁRIA PERFORMANCE DO DESGOVERNO DILMA

Country
Current Rate
Previous Rate
Change
Last Change
4.75%
4.5%
0.25%
Nov 02 10
12.5%
12.25%
0.25%
Jul 20 11
1%
0.75%
0.25%
Sep 08 10
3.5%
3.25%
0.25%
Nov 18 2010
6.56%
6.31%
0.25%
Jul 06 11
3.25%
3%
0.25%
Feb 28 2011
0.75%
1%
-0.25%
May 06 10
0.75%
1%
-0.25%
Jan 15 2010
8.25%
8.5%
-0.25%
Sep 22 09
1.5%
1.25%
0.25%
Jul 07 11
0.5%
1.5%
-1%
Dec 17 08
6%
5.75%
0.25%
Jan 24 11
4.25%
4.5%
-0.25%
Feb 02 11
7.25%
6.75%
0.5%
May 03 11
6.75%
6.5%
0.25%
Feb 04 2011
3.25%
3%
0.25%
Jul 01 2011
0.1%
0.3%
-0.2%
Dec 19 08
3%
2.25%
0.75%
Mar 10 11
2.75%
2.5%
0.25%
Jul 08 2010
4.5%
4.75%
-0.25%
Jul 17 2010
2.5%
3%
-0.5%
Mar 09 11
2.25%
2%
0.25%
May 12 11
4%
4.25%
-0.25%
Jul 09 2009
3.75%
3.5%
0.25%
Jun 03 2009
5.5%
6.5%
-1%
Sep 10 10
1%
0.75%
0.25%
Oct 26 10
0.25%
0.5%
-0.25%
Mar 12 09
1.63%
1.5%
0.13%
Dec 30 10
2.5%
2%
0.5%
Jan 12 2011
6.25%
6.5%
-0.25%
Jan 20 11
0.5%
1%
-0.5%
Mar 05 09
0.25%
1%
-0.75%
Dec 16 08


O professor do Instituto de Ensino e Pesquisa (Insper), José Dutra Sobrinho, avaliou que não seria necessário um novo aumento na taxa básica de juros da economia brasileira. Em 12,25% ao ano, segundo ele, a taxa já se encontrava em um patamar extremamente elevado, e resultaria em uma inflação em torno de 6,3% neste ano - abaixo do teto de 6,5% do sistema de metas.

"Essa taxa de juros representa um chamariz para os aplicadores do mundo. Se pegar os megaespeculadores, eles têm chance de pegar dinheiro no Japão a uma taxa próxima de zero. E aplicam a 12% ao ano. Esses caras investem aqui com lucro extraordinário. O brasileiro ajuda a pagar os juro para os especuladores do mundo", disse Dutra.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas