CARTA ABERTA AO POVO DE CARINHANHA E REGIÃO


Escrito por LCP do Norte de Minas e da Bahia   
 29/12/2010
carinhanha3Quem passa pela BA 161, de frente a Comunidade Mel de Abelha, logo percebe a diferença do local. Dezenas de casinhas de lona cobertas com telhas, cercadas por plantações que começam a crescer; logo ao lado do curral estendem-se as roças, a placa da entrada anuncia: Acampamento Santa Cruz do Sol Nascente – Liga dos Camponeses Pobres.
Todos que moram e transitam por essa estrada se lembram das centenas de barracos de lona empoeirada na beira da estrada, expostos a todos os riscos, sem água, sem poder plantar um pé de milho. Cansadas de tanta espera, enrolação e humilhação tomaram o destino em suas mãos e entraram na terra.
 Há mais de um ano as famílias camponesas entraram para as terras da fazenda Tamboril, lá já plantaram e produziram, comercializando aqui mesmo na cidade, na feira e com os comerciantes locais.
A luta dos camponeses do Santa Cruz do Sol Nascente por viver do seu trabalho com dignidade e respeito tem servido de exemplo e ganhado diversos apoiadores.
Porém mesmo após audiências, reuniões e cobranças, ainda não lhes foi apresentada solução definitiva pelo Incra, órgão do governo para reforma agrária.
O latifundiário e sua filha seguem exigindo a retirada das famílias camponesas das terras, ameaçando a sobrevivência de centenas de pessoas. O juiz concedeu liminar de reintegração de posse ao latifundiário sem sequer ouvir as partes envolvidas!
Convocamos todos os camponeses, pequenos e médios produtores, todos comerciantes, estudantes, sindicalistas, professores, vazanteiros, os progressistas, todo povo trabalhador e honesto dessa região a apoiar a justa luta camponesa pela terra para produzir e viver.
Não podemos aceitar que aqui em Carinhanha se repita o que vem acontecendo com centenas de camponeses no Brasil e aqui mesmo na Bahia em Ilhéus e Gavião.

O povo quer terra, não repressão!
Terra para quem nela vive e trabalha!
Famílias do Santa Cruz do Sol Nascente
LCP - Liga dos Camponeses Pobres do Norte de Minas e da Bahia
Postar um comentário

Postagens mais visitadas