4 MIL FECHAM AV PAULISTA CONTRA AUMENTO DA TARIFA DE ÔNIBUS EM SÃO PAULO







Fotos: Enio Lourenço


MANIFESTANTES PROTESTARAM FECHANDO PARTE DA AVENIDA CONTRA A PASSAGEM MAIS CARA DO BRASIL

Cerca de 4 mil pessoas manifestaram nesta quinta-feira (20), na Avenida Paulista, seu descontentamento contra a tarifa municipal de ônibus mais cara do Brasil, R$ 3,00. Convocado pelo Movimento Passe Livre, o protesto, que ocorreu no final tarde, reuniu estudantes e trabalhadores de diferentes correntes políticas.

Este foi o segundo ato chamado pelo Passe Livre a ocupar as ruas de São Paulo em 2011. Diferente do primeiro, realizado no último dia 13 na praça República (centro da Capital), http://www.youtube.com/watch?v=dDOm6g2V3ds quando a Polícia Militar reprimiu de forma violenta os manifestantes, o protesto transcorreu por três horas sem incidentes.

Depois de uma hora concentrados na Praça do Ciclista (próxima a rua da Consolação), as 18 horas, os manifestantes partiram para cruzar os 2700 metros da Avenida Paulista, por onde seguiram ocupando duas das quatro faixas.

Por volta das 19:30, no cruzamento das Avenidas Paulista com Brigadeiro, um dos pontos de maior trafego da cidade, os manifestantes permaneceram sentados no chão por volta de 15 minutos criando congestionamento grande no local.

A manifestação teve término na Praça Oswaldo Cruz, por volta das 20 horas, onde mais um ato foi convocado para próxima quinta-feria (27), em frente ao Teatro Municipal, no centro de São Paulo.

Segundo os organizadores este foi o maior ato contra o aumento das tarifas de ônibus já ocorrido na cidade de São Paulo. 


Postar um comentário

Postagens mais visitadas