Justiça pede prisão de frei da CPT que denunciou uso de agrotóxicos em Minas Gerais




Frei Gilvander Moreira, assessor da CPT, a Comissão Pastoral da Terra, em Minas Gerais, pode ser preso por determinação da justiça mineira. O motivo seria um vídeo produzido por ele e postado no youtube em que denuncia o uso de agrotóxicos no feijão Unaí. O produto era utilizado na merenda de estudantes da cidade. Segundo frei Gilvander, esse feijão provoca câncer. Entrevista à repórter Lúcia Rodrigues.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas