Diário da Guerrilha, de Maurício Grabois



O diário que Maurício Grabois, comandante dos 68 combatentes da Guerrilha do Araguaia, escreveu durante 605 dias em seu esconderijo na mata, do início do conflito (12/04/72) até sua morte (25/12/73). Para além de ser o documento mais importante e profundo sobre a guerrilha até hoje revelado, o diário registra as angústias, os medos e a solidão do homem que comandou a única guerrilha rural da história do Brasil.

Maurício Grabois (Salvador, 2 de outubro de 1912 — Xambioá, 25 de dezembro de1973) foi um político brasileiro, um dos fundadores do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) e um de seus dirigentes desde a criação do partido até sua morte na Guerrilha do Araguaia, em 25 de dezembro de 1973.

Clique no link abaixo para ler o diário:

http://www.cartacapital.com.br/wp-content/uploads/2011/04/ATT00403.pd

Postar um comentário

Postagens mais visitadas