Urna Eletrônica - Estudo da Princeton University

A urna eletrônica brasileira é fabricada pela Diebold, uma empresa americana. No vídeo acima, uma equipe de pesquisadores da Universidade de Princeton (EUA) demonstra que um vírus, especialmente criado para esse fim, pode alterar os votos dos eleitores, fraudando uma eleição. Obviamente, algo semelhante pode ser feito com a urna brasileira, mesmo na suposição de que ela seja mais segura.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas